ÔĽŅ SINDASUL - Sindicato dos Administradores de Mato Grosso do Sul

Concurso da Polícia Federal tem 600 vagas com salários iniciais de até R$ 13 mil
19/06/201208:21:00
 

As inscri√ß√Ķes para concurso p√ļblico da Pol√≠cia Federal foram abertas nesta segunda-feira (18). Ao todo, s√£o 600 vagas, sendo 350 para cargo de escriv√£o, 150 para delegado e 100 para perito criminal.

 

Podem concorrer no cargo de escrivão profissionais graduados em qualquer curso. Para o cargo de delegado, é obrigatório ser graduado em Direito.

 

J√° para perito criminal podem se inscrever os graduados nos seguintes cursos: Ci√™ncias Cont√°beis, Ci√™ncias Econ√īmicas, Engenharia El√©trica, Engenharia Eletr√īnica, Engenharia de Telecomunica√ß√Ķes, Engenharia de Redes de Comunica√ß√£o, Ci√™ncias da Computa√ß√£o, Inform√°tica, An√°lise de Sistemas, Engenharia da Computa√ß√£o, Engenharia Agron√īmica, Geologia, Engenharia Qu√≠mica, Qu√≠mica Industrial ou Qu√≠mica, Biomedicina, Ci√™ncias Biol√≥gicas, Biomedicina, Medicina, Engenharia Florestal, Odontologia e Farm√°cia.

 

Remuneração

Sobre as remunera√ß√Ķes, para o cargo de escriv√£o a remunera√ß√£o inicial √© R$ 7.514,33. Para delegado e perito criminal, o valor √© de R$ 13.368,68, para cada um.

 

As incri√ß√Ķes podem ser feitas at√© 9 de julho no CespeUNB (Centro de Sele√ß√£o e de Promo√ß√£o de Eventos Universidade de Bras√≠lia), por meio do seguinte endere√ßo: www.cespe.unb.br/concursos. As taxas de inscri√ß√Ķes variam de R$ 125 a R$ 150.

 

Sobre a prova

Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, prova discursiva, exame de aptidão física, exame médico e avaliação psicológica. Haverá, ainda, prova prática de digitação para cargo de escrivão, avaliação de títulos para os cargos de delegado e perito criminal e prova oral somente para os candidatos ao cargo de delegado. Os habilitados nestas fases serão convocados para curso de formação profissional. As provas objetivas e provas discursivas estão previstas para 19 de agosto e serão aplicadas em todas as 26 capitais e no Distrito Federal."

Fonte: InfoMoney