A convite dos Administradores representante da OIT palestrou durante Seminário pelo Trabalho Decente
04/11/201410:15:00
 
O coordenador dos Programas de Trabalho Decente e Empregos Verdes da Organização Internacional do Trabalho no Brasil (OIT/Brasil) esteve em Campo Grande (MS) para ministrar palestra no Seminário Internacional pelo Emprego e Trabalho Decente, que aconteceu no dia 03 de novembro, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, sob a organização da administradora Eliane Toniasso, presidente do Sindicato dos Administradores de Mato Grosso do Sul (Sindasul) em co-parceria com o Conselho Federal de Administração (CFA).

Moçoucah foi enfático ao afirmar que para que ocorra o desenvolvimento sustentável é preciso que exista a integração do desenvolvimento econômico, desenvolvimento social e desenvolvimento ambiental. Esta, segundo ele, foi proposta que surgiu durante o Rio+20 Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. “A integração destes 3 elementos é o grande desafio entre os objetivos para o desenvolvimento no  milênio”, enfatizou.

O palestrante enfatizou que os empregos verdes ou empregos sustentáveis visam reduzir de maneira considerável os efeitos negativos das atividades econômicas sobre o meio, por exemplo,  facilitar a transição de uma economia que emite uma grande quantidade de carbono para um modelo que reduza o nível de emissão de carbono, que seja pelo produto final ou processo que empregam na produção.

Sobre as empresas sustentáveis, Paulo Sérgio destacou suas principais características. “São atributos destas o diálogo social e boas relações trabalhistas; desenvolvimento dos Recursos Humanos, condições de trabalho adequados, produtividade, salários, benefícios compartilhados; responsabilidade socioambiental; e boa governança empresarial e gestão eficiente. A empresa tem que pensar e assumir a sua parte na responsabilidade econômica, social e ambiental”, esclareceu.

O representante da OIT, descreveu com uma pirâmide o caminho ideal para a efetivação do Trabalho Decente. Segundo ele, na base e extremidades estão empresas verdes e empregos verdes, dentro da pirâmide o desenvolvimento sustentável e no topo o Trabalho Decente. “Promover o trabalho decente é condição para o desenvolvimento econômico”, afirmou.

Paulo Sérgio explicou que as empresas sustentáveis são iguais aos empregos sustentáveis, ou seja, “um só pode ser gerado pelo outro”. Ainda ressaltou que a junção de ambos é o verdadeiro sentido dos empregos verdes.

Painel
A odontóloga Vívian Louise integrou o painel de discussões sobre a palestra e explanou sobre a cartilha lançada pela OIT que aborda a temática do Trabalho Decente. A dentista, solicitou sugestões ao coordenador aos sul-mato-grossenses para a implantação do trabalho decente na região.

Em resposta, Paulo Moçouçah reforçou a necessidade da população buscar informações seja pelos sites, jornais e mídias sociais. Também, conclamou a união dos órgãos públicos, empresas privadas e sociedade em geral para melhorias no trabalho.


VEJA MAIS FOTOS CLIQUE AQUI

VEJA FOTOS PUBLICADAS NO SITE BLITZ MS CLIQUE AQUI

Fonte: Sindasul