Seminário discutirá os desafios da indústria brasileira
21/05/201208:35:00
 

Confirmaram presença, entre outras autoridades e especialistas, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp; o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa; e o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), José Ricardo Roriz Coelho.

 

Desindustrialização

O presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, deputado Márcio Reinaldo Moreira (PP-MG), considera o tema um dos mais importantes para o País. Ele destaca que a desindustrialização no Brasil é notória e que as estatísticas da participação da indústria no PIB nacional voltaram a níveis da década de 50. O seminário desta semana, segundo o deputado, deve sugerir soluções para o problema.

 

"Alguns culpam a política de câmbio, outros culpam a política de juros, outros culpam a política de recursos humanos, outros dizem que a saída é a valorização do que é brasileiro em relação ao que é chinês ou americano. Então, eu acho que é um elenco muito significativo, que tem que resultar até em mudanças no comportamento individual e coletivo da sociedade", disse.

 

Já o presidente da Comissão de Finanças e Tributação, deputado Antônio Andrade (PMDB-MG), aponta o custo Brasil como a principal desvantagem da indústria nacional.

 

"Eu acredito que dentro do Congresso, após esse seminário, nós teremos algumas posições a serem tomadas. A energia elétrica brasileira é uma das mais caras do mundo. Acho que devemos desonerar o preço da energia elétrica, que é um insumo usado por toda indústria e pesa muito. A própria folha de pagamento, os juros, acho que daqui desse seminário vamos tirar algumas conclusões a respeito dessa queda do sistema industrial brasileiro", afirmou.

 

O seminário é uma iniciativa das comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Trabalho, Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática.

 

Programação

Na terça-feira, serão discutidos os seguintes temas:

- Os desafios, a competitividade e o futuro da indústria brasileira;

- A competitividade da indústria manufatureira nacional e o comércio internacional.

 

Na quarta-feira, os temas serão:

- Desafios para o empreendedorismo, a inovação tecnológica e o aprimoramento do setor industrial brasileiro;

- Enfrentando os riscos de desindustrialização: o papel dos empresários e do estado.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Foto: Reprodução