A comunicação interna e seus impactos na relação com os clientes
29/07/201617:09:00
 

Cada vez mais tem ficado evidente a importância que uma companhia deve dar aos seus colaboradores, pois são estes que representarão a empresa junto aos seus clientes.

Sempre que abordamos o tema “Relacionamento com Clientes” de uma empresa, logo pensamos em pesquisa de satisfação, contatos comerciais, entrega de brindes, entre outras ações de marketing.

Porém, na última década, cada vez mais tem ficado evidente a importância que uma companhia deve dar aos seus colaboradores, pois são estes que representarão a empresa junto aos seus clientes.

Seguindo-se esta linha de raciocínio, defendo que uma Comunicação Interna bem estruturada e planejada pode verdadeiramente transformar os funcionários em excelentes vendedores, não apenas dos produtos ou serviços, mas também da missão, visão e valores da empresa.

A informação é um bem precioso e quando é divulgada de forma adequada, se torna um elemento que solidifica a relação entre a empresa e o cliente, por isso deve haver por parte da liderança um alinhamento no conteúdo de tudo o que se transmite internamente na companhia, independente de área, departamento ou cargo das pessoas.

E a Comunicação Interna precisa ser tratada como um dos itens do planejamento estratégico e que trará resultados, merecendo atenção e investimentos, e necessitará de ferramentas para atingir seus objetivos, como um Site exclusivo para os colaboradores (alguns chamam de intranet, portal, etc.), jornal interno, murais, reuniões periódicas, eventos internos (aniversariantes do mês, festa de confraternização, funcionário destaque, etc.), uso de tecnologia digital de comunicação (aplicativos de conversa via celular, SMS, Redes Sociais, E-mails, etc.), dentre outras possibilidades.

Vale ressaltar que é recomendada a contratação de um profissional ou mesmo de uma agência de publicidade ou assessoria de imprensa para que a Comunicação Interna tenha os cuidados que merece, uma vez que é preciso que se implemente uma linha editorial que se ajuste ao padrão sociocultural dos colaboradores, ou seja, é preciso que o funcionário entenda o que as empresa deseja transmitir, evitando-se “ruídos” ou “mal-entendidos” no processo de comunicação corporativa.

As empresas que dão o devido valor para sua Comunicação Interna colhem frutos todo o tempo, pois os colaboradores se sentem parte do time e estão sempre dispostos a atender bem seus colegas de trabalho, fornecedores e os clientes.

Encerro este breve artigo com uma pergunta: Você acredita e investe em Comunicação Interna na sua empresa? Pense bem no que vai responder e, mesmo que nesse primeiro momento sua resposta não seja a mais satisfatória, você pode mudar seus conceitos e trabalhar para que seu negócio tenha melhores resultados, para isso basta se comunicar com seus colaboradores. 

Rogério Rodrigues Santos - 47 anos, graduado em publicidade, com especializações em marketing e planejamento estratégico, possui MBA em Marketing pela FGV-SP. Atualmente é Gerente de Marketing e Inteligência de Mercado do GRUPO GR, com passagens por Editora Saraiva, Empresas Remaza, Unibanco e Folha de S. Paulo. É docente em diversas instituições de Ensino Superior, como ESTÁCIO, ESPA e UNIESP.



Fonte: administradores.com

http://www.administradores.com.br/noticias/negocios/a-comunicacao-interna-e-seus-impactos-na-relacao-com-os-clientes/112574/

Data: 29/07/2016